Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Twittianas By @BarataCichetto

# Deus não existe, Jesus nunca existiu. Médicos, também não. Ou melhor, existem sim, mas apenas em caros consultórios e clinicas particulares.

--- Antigas (2009) ---

# As portas do trem do #metrô se abriram e a menina saiu. O homem olhou e não a seguiu. E viveram (in) felizes para... Até a próxima estação.

# - Então, conte-me tudo, não me esconda nada, mulher! - Estás louco, homem!? Como eu posso lhe contar tudo em apenas míseros 140 caracteres?

# - Confessa seus crimes, seu pulha! Vamos, homem, fale!!! - Ah, meus crimes são tão grandes que não cabem em inconfessáveis 140 caracteres.

# Quanta verdade existe em 140 caracteres? Depende de quantos espaços existem, pois a verdade não está em palavras mas no silêncio entre elas.

# - Que diálogo eficaz pode existir em apenas 140 caracteres? - Apenas o diálogo das palavras com os espaços em branco, em um silêncio mortal.

# Estou procurando uma corda, uma arma e não sei onde encontrar.... Comprar não posso... Bela, tem um ai? Uma corda em forma de coração? Hein?

# Sinceramente não quero acordar amanhã.. Morri hoje e nem sei quando será meu enterro. Poeta é dramático e eu nem sei...

# Daqui do 8º andar do prédio fico pensando sobre o que pensa uma pessoa, enquanto comete suicídio, pulando do 7º andar de um prédio.

# O que pensa um suicida, na exata fração de segundo antes da bala penetrar seu crânio, esfacelando seu cérebro?

# O poeta abriu o forno do fogão, fechou a porta da cozinha e abriu o gás. Agora ele não era mais o poeta torto, mas apenas um poeta morto.

# O mendigo saboreou seu banquete de lixo com prazer, arrotou, palitou os dentes com a unha encardida e chorou por não ter nenhuma sobremesa.

--- Antigas 2010/2011 ---

# Eu e a A Morte, um casamento eterno. Juntos para sempre. Até que ela mesmo nos separe...

# Sonhos não exigem nem aceitam perdão.

# Agora procuro lidar com uma dor que nem a mim pertence. Porque a humanidade inteira é proprietária da minha dor.

# Schopenhauer dizia:  "O amor é a compensação da morte." E eu então pergunto: e a morte, é a compensação do amor?

# A liberdade é incolor, transparente e cristalina. Qualquer coisa que tenha cor é prisão.

# Atualmente tenho por sagrado, divino e espiritual o meu direito de não querer saber de nada considerado sagrado, divino e espiritual.

# Poeta é que nem feira-livre: todo mundo quer ter por perto, mas não na porta de casa.

# Não sou o que escrevo, mas escrevo o que eu sou.

# Ninguém é bom, ninguém é mau... Somos apenas humanos dicotomicos! Se bem que conheci muita gente que se finge de anjo pra comer o diabo!

# Não existe arte, seja poesia ou qualquer outra, maldita. Pode existir sim, arte amaldiçoada... Amaldiçoada pela incompreensão seja de qualquer espécie ou sentido.

# A única revolução libertária possível e que pode resultar em algo é a de dentro para fora. A pergunta que fica é: conseguida a "vitória" nessa revolução, qual é o próximo passo?

# Ser Poeta é aprender a viver numa eterna esquina, entre as ruas do Céu e do Inferno, e nunca saber qual é a preferencial.

# A Luz é apenas um buraco na Escuridão.

# Acreditar é minha religião.

Publicadas em "Micrônic'As Baratas" 2011 - Registrado no Escritório de Direitos Autorais. Ao publicar cite a autoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.