Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

sexta-feira, outubro 05, 2012

T.G. (Trilogia Gozosa) - 1 - Depravada

T.G. (Trilogia Gozosa) - 1 - Depravada
Barata Cichetto
Foto: http://eduardogregori.com.br


Gostas de falar bobagem e explicitar as formas
Atiças a libido, mas a macharia tem as normas
Mostras o decote, exibes os seios, falas besteira
Então a chamam de depravada, puta e rasteira.

Pensas que eu não a chamo também por vadia?
Mas comigo eu não trago essa tal de covardia
Ou acreditas que não a desejo na minha cama
E penso que és mais do que aquilo que chama?

Portanto, não ligues aos nomes tolos que lhe dão
Pois ao desejo ninguém deve desculpa ou perdão
Sejas depravada na cama, nas ruas ou na escola
Que ao orgasmo ninguém precisa pedir a esmola.

Os maiores da história foram depravados decerto
Então fodam-se os que não a querem ter por perto
Gostam das palavras obscenas, despertam a libido
Mas apenas são hipócritas com o desejo reprimido.

Ensejas a mim um poema falando de depravação
Pois não me peças provas as tolas da reprovação
Mostras o dedo, as pernas e um pouco do seu resto
Então não digas que sou homem e que não presto.

Gostas de falar foder, amas as palavras obscenas?
Mostras a bunda na estrada e outras belas cenas
Mas gostas de falar em fodas e ou gostas de foder?
Porque ai reside a diferença entre o sexo e o poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.