Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

sexta-feira, março 01, 2013

Cem Anos de... "Sexo, Poesia & Rock'n'Roll" - Volume 7


Cem Anos de... "Sexo, Poesia & Rock'n'Roll" - Volume 7
(Inspirado por uma declaração do amigo Genecy Souza)

Quero morrer apenas com cem anos de idade
Tenho, pois muito a foder antes da eternidade.
Quinze belas putas desejando ao meu caralho
E doze lésbicas chupando sem muito trabalho.

Tenho que esperar por uma morte com garra
Morrer fodendo, gozando e poetando na farra.
Então fodamos agora e para sempre e amém
Pois fodas não existem depois no tal do além.

E fodamos, misturando dobras do lençol a nossas rugas
Escrevo poesia na pele enquanto coças minhas pulgas.
E sua coleira será a guia e a vulva o caminho do prazer
Pois sabes que puta ou vadia será seu todo meu prazer.

Fodamos, portanto, esquecendo porque ontem choramos
Façamos, pois da putaria nossa religião e por ela oramos.
Leio o sétimo capitulo de minhas memórias, sétimo filho
Do sétimo rebento de uma dinastia sem qualquer brilho.

Morrer aos cem, morrer sem, morrer fodendo com a morte
Mas foder por foder, prefiro estar fodendo com a sua sorte.
Morrer pelado, com as cuecas meladas presas nos joelhos
Fodendo feito aos cachorros, os rinocerontes e os coelhos.

E quanto ao Rock, Slade e um pouco de psicodelia antiga
Podem ser a trilha sonora junto com a voz da velha amiga.
Mas morrer ao cem ou até amanhã pouco a mim importa
Pois nasci para a foda, a poesia e arrebentar a toda porta.

Um comentário:

  1. Hahahaha como sempre sua poesia é igual navalha, igual gillette, afiada!

    ResponderExcluir

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.