Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

quarta-feira, março 20, 2013

O Poeta e o Cão


O Poeta e o Cão
Barata Cichetto
"Claro que sei o que são verbos, mas os substantivos são mais importantes." – Mija Yang em “Shi”, 2010
Perro Rascándose - Matias Grunewald, 1480

1 -
Agora eu era poeta e tinha um cachorro que sabia francês
Ele latia em línguas estranhas e conhecia diversos clichês.
O cão sabia rimar e contar sílabas tônicas dos meus versos.
E então éramos felizes, eu e o cachorro em nossos universos.

2 -
Mas era um cão danado aquele e bebia todo o meu bourbon
E comia toda minha comida e uma caixa inteira de bombom.
Um desgraçado aquele cachorro, cheio de sarnas a se coçar
Atirei na sua testa, e ele morreu sem nenhum gesto esboçar.

3 -
E agora eu era poeta e não tinha mais um cachorro por perto
Comia e bebia toda comida e uísque sem nenhum cão esperto.
Mas agora eu era um poeta sem poesia, um homem sem cão
E atirei na própria testa por não suportar a tamanha solidão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.