Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

segunda-feira, maio 11, 2015

Século XX - Poesia - Sarau Virtual Facebook


Fui convidado pela irmãzinha Gigi Jardim para participar do sarau poético virtual. A regra é publicar um poema por dia, por quatro dias consecutivos. E em cada publicação, convidar quatro amigos para participar.

Nesta publicação, um poema que escrevi há 36 anos atrás, e foi publicado num livro impresso em mimeógrafo à álcool, lançado no inicio de 1981. O livro tinha o nome de "Arquíloco" e teve a efetiva colaboração da amigaClaudia Bia, a quem convido a participar desse sarau virtual. Nessa época, eu assinava meus poemas como Carlos Cichetto.

Século XX

E foi ali que uma morena estrela matutina
Brilhou inaugurando a aurora do meu desejo
Abrindo pernas lisas igual a uma cortina
Deixando entrar o sol quente quanto um beijo
Que tinham escondido de minha retina.

E foi ali que entre os montes de sujeira
Pernas abriram igual a pétalas de rosas
Esperando que eu sentado numa cadeira
Penetrasse naquelas entranhas honrosas
Que marcariam uma existência inteira.

E foi ali, que com o seu pequeno porte
Trajada com a estranha roupa de sangue
Que escorria de um seu profundo corte
Ela pediu com um bocejo bastante langue
Que alguém causasse urgente sua morte.

E foi ali entre corredores de concreto
Que construí a minha paixão abstrata
E um dia depois de um estranho decreto
Acabou transformado em tumulo de prata
Sepultando aquele grande desejo secreto.

E foi ali que quando quebrou o seu esteio
Alguém a encontrou completamente morta
Esperou a morte igual um ônibus de recreio
E esperando de chegar bateu a sua porta
Encontrando ali mesmo sem qualquer receio.

Dezembro 79

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.