Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

segunda-feira, julho 13, 2015

Hoje Não é Dia de Rock!

Hoje Não é Dia de Rock!
Barata Cichetto
(Direitos Autorais Registrados - Cópia Proibida)
Foto: Allan Cat (http://www.artlimited.net/9)

Pelas ruas mulheres oferecem suas gostosuras e confeito
Enquanto eu, atrás da janela, prisioneiro de um conceito
Sofro com a indigência de afetos em uma loucura sem fim
E morro sem saber do desejo que todas elas tem por mim.

Ontem a noite desabafei em publico, vômito sujo fedido
Só por vergonha de chorar sozinho o que tinha perdido.

Quis bater a cabeça na parede ou punheta gosmenta
Mas não há sangue que compre minha vida lazarenta
Não há prazer em sujar de porra o ladrilho do banheiro
Nenhum orgasmo solitário a quem chame companheiro.

E ontem a noite desandei a vomitar em publico, vinho barato
Só por vergonha de comer sozinho o que tinha no meu prato.

Fecharam o ultimo puteiro do bairro, e fica uma pergunta quieta
Aonde foram todas as putas, para onde foram a puta e sua neta?
Mas ainda pela minha rua passam senhoras oferecendo prazer
Mas eu não posso pagar por qualquer coisa que venham trazer.

Ontem cansei de vomitar palavras sobre o teclado do computador
Só por vergonha de falar público o que não permite o imperador.

E não há bancas de jornal na esquina de cima, morto o jornaleiro
Sua morte não foi sentida, que no mesmo dia se foi outro baleiro
Jornalistas tolos dentro de sua vaidade não aventam o impossível
Com seus diplomas, sua foice e seu martelo e uma toga invisível.

Hoje cansei de vomitar sozinho e era Dia do Rock, total absurdo
Que nenhum dia é dia de Rock, e qualquer um é dia de ser surdo.

13/07/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.