Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

quarta-feira, setembro 23, 2015

Desejo Pornográfico

Desejo Pornográfico
Barata Cichetto
Direitos Autorais Reservados. Cópia Proibida, Sujeita às Penas da Lei

Sinto um desejo quase que pornográfico. De ser chuva. De molhar tua vulva. Que molha a grama. De molhar tua cama. Onde deita tua bunda. Vagabunda. Imunda. Sinto um desejo quase pornográfico. De ser bicho geográfico. E percorrer teu corpo. Por dentro. Feito um maldito verme. Te explorando as cavernas escuras e úmidas. Sinto um desejo quase pornográfico. De te ler poesia às quatro da manhã. Feito um guarda noturno maldito. Que apita na esquina. Acordando as corujas. Sinto um desejo quase anárquico. De penetrar tua buceta. De estar dentro de ti. Feito areia dentro de uma ampulheta. Ah... Sinto um desejo tão pornográfico. Quanto um cristel. Numa lavagem intestinal. Sinto. Um desejo gráfico e pornô. Pornô e gráfico. Feito um hediondo criminoso. A abater sua próxima vítima. O gozo da arma de fogo. As balas quentes do revólver. Penetrando. Feito pênis de aço. As carnes da falecida. Sinto um desejo trágico. De sentir que amo. Pornograficamente falando. Tua imagem no espelho. Na tela. E saber que falo. Tragicamente falando. Num desejo quase ortográfico. De completar tuas frases. De colocar crases. Graves, agudos, circunflexos. De colocar meu ponto de exclamação na tua interrogação. Estar depois das tuas vírgulas. E antes de teu ponto final. Refletir teus reflexos. Soletrar com a tua língua. Soletrar na tua língua. Mas... Me masturbo na madrugada. Seguro meu caralho. E o teclado do computador. Servindo de atalho. A um site de filmes pornográficos. Onde putas sem dono. Mulheres de corno. E um sem numero de vadias sadias. Entregam sua pornografia. Em desejos sem sentido. Ou em sentidos sem desejo. A qualquer um. E eu. Que apenas tenho um desejo pornográfico pelas tuas entranhas. Gozo sozinho. Batendo punheta a estranhas.

15/09/2015


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.