Barata Cichetto: Poeta, Escritor, Webdesigner, Editor
Todos os Textos Publicados Têm Direitos Autorais Registrados no E.D.A.
Reprodução Proibida!

quinta-feira, setembro 15, 2016

R.ock I.n P.oetry - 09


Caetano Veloso e As Aventuras de Rin Tin Tin

Nazareth - Razamanaz
UFO - Let It Roll
Rush - Anthem
Poesia:  Piedade - Roberto Piva e Beat Geneneration

The Marvelettes - Please Mr. Postman
The Platters   The Great Pretender
The Marmalade - Reflections of My Life
Poesia: Barata - Confesso!

Doobie Brothers - Long Train Running
Bachman-Turner Overdrive - Hey You
T-Rex - Children Of The Revolution
Poesia: Solano Trindade - Nem Só de Poesia Vive o Poeta

The Stranglers - No More Heroes
Dead Kennedys - Holiday In Cambodia
Eddie And The Hot Rods -  Teenage Depression
Texto: José Saramago - Deus, Igreja e Bíblia

Lord Sutch and Heavy Friends - Good Golly Miss Molly
Rollins Band - Get Some Go Again
Ted Nugent - Wang Dang Sweet Poontang
Texto: Edgar Franco

Abramis Brama - Enkel Biljett
Liquid Jesus - Sacrifice
Lisker - Kalean Festa
Texto: José Saramago - Falsa Democracia

Bloco Bell - Secos & Molhados
- Amor
- Flores Astrais
- Fala
Poesia: Barata - Bocas de Fúria

Conte Comigo - Piloto - Completo

Glenn Hughes - Mistreated (Acustico) - Programa do Ronnie Von
 
------------

Nem Só de Poesia Vive o Poeta
Solano Trindade

“Nem só de poesia vive o poeta
há o “fim do mês”
o agasalho
a farmácia
a pinga
o tempo ruim, com chuva
alguém nos olhando
policialescamente
De vez em quando
um pouco de poesia
uma conta atrasada
um cobrador exigente
um trabalho mal pago
uma fome
um discurso à moda Ruy
E às vezes uma mulher fazendo carinho
Hoje a lua não é mais dos poetas
Hoje a lua é dos astronautas.”
--------------

F. da P.
Solano Trindade

Amor
um dia farei um poema
como tu queres
dicionário ao lado
um livro de vocabulário
um tratado de métrica
um tratado de rimas
terei todo o cuidado
com os meus versos

Não falarei de negros
de revolução
de nada
que fale do povo
Serei totalmente apolítico
no versejar...

Falarei contritamente de Deus
do presidente da República
como poderes absolutos do homem

Nesse dia, amor

Serei um grande F. da P.

--------------

Não me venha com acusações de estar de algum lado, não tenho a mínima simpatia por quem foi retirado à força do poder em nosso país, e menos ainda por quem usurpou o tal poder. Toda a política é lixo absoluto, em toda minha vida nunca vi nada de realmente belo, louvável, ou transformador surgir de nenhuma iniciativa política. Assisto apenas jogos de interesses visando atender aos desejos de quem detém o poder e de seus financiadores. Sempre foi assim, às vezes de forma mais velada, e noutras vezes de forma descarada, como agora, que após a usurpação tosca do trono, só ouço "medidas" que afetam pessoas de bem. Não vejo nenhuma atitude para minorar o lucro e o poder das megacorporações e multinacionais, dos bancos e hipermilionários, dos políticos e dos demais salafrários. E me pergunto onde está o povo, cadê o gigante que dizem dia desses ter sido acordado. Parece que o tal gigante foi aquietado com dose cavalar de sedativo, entretenimento vagabundo que vai de olimpíadas, passando por faustão e shopping centers, e chegando a pokemon go. (Nas sábias palavras do Ciberpajé, Edgar Franco).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Respeite o Direito do Autor e Não Esqueça de Deixar um Comentário. É Importante o Retorno, o Sentimento do Leitor.